Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Vigilância Sanitária
Início do conteúdo da página

Vigilância em Saúde

Publicado: Quinta, 03 de Agosto de 2017, 11h05 | Última atualização em Sexta, 20 de Outubro de 2017, 08h59 | Acessos: 384

Departamento de Vigilância em Saúde

Diretor(a): Fernanda Bohn
Endereço: Rua Mancias Alves, anexo ao prédio do antigo Hospital São Francisco.

Telefone: 3431-7856

Compete a Vigilância

A Vigilância Sanitária é um conjunto de medidas que têm como objetivo elaborar, controlar e fiscalizar o cumprimento de normas e padrões de interesse sanitário. Essas medidas se aplicam a medicamentos, cosméticos, alimentos, saneantes, equipamentos e serviços de assistência à saúde. As normas também se referem a outras substâncias, materiais, serviços ou situações que, mesmo potencialmente, possam representar risco à saúde coletiva da população.

Compete à Vigilância Sanitária desenvolver ações para eliminar, diminuir ou prevenir riscos à saúde individual e coletiva, assim como intervir nos problemas sanitários decorrentes do meio ambiente, da produção, comercialização e circulação de bens e da prestação de serviços de interesse da saúde. Essas ações abrangem a saúde do trabalhador, o controle de bens de consumo relacionados à saúde, da produção ao consumo, e da prestação de serviços que envolvem a saúde.

A principal função da Vigilância Sanitária é regularizar estabelecimentos e prevenir a ocorrência de agravos à saúde, sendo a orientação e educação em saúde suas principais ferramentas.

Cabe a ela também exercer fiscalização e controle sobre o meio ambiente e os fatores que interferem na sua qualidade, abrangendo os processos e os ambientes de trabalho, habitação e lazer. A Vigilância deve ainda apurar infrações sanitárias e aplicar as penalidades devidas, quando esgotada a eficácia das ações educativas e de prevenção.

Ações da Vigilância Sanitária

Nos casos de risco à saúde, a Vigilância Sanitária deve adotar estratégia para identificar, avaliar e instruir a situação, através de ações educativas, preventivas, regulamentadoras, fiscalizadoras e punitivas, aplicando penalidades de advertência, multa, interdição total ou parcial de estabelecimento e apreensão de produtos.

O campo de ação da Vigilância Sanitária é bastante amplo, diversificado e com vários níveis de complexidade atuando em mais de 100 tipos diferentes de estabelecimentos nas áreas de comércio, produção e prestação de serviços.

Atividades da Vigilância Sanitária

  • Vistorias, emissão de licenças, cadastros e termos de responsabilidade, bem como suas baixas e cancelamentos para industrias de alimentos de alta, média e baixa complexidade e correlatos; comércio de alimentos; distribuidores, armazenadores e transportadores de produtos, serviços de saúde de média e baixa complexidade; produtos de saúde e correlatos; serviços e produtos de interesse da saúde.
  • Abertura e arquivamento de processos de licença.
  • Ações de controle de qualidade dos alimentos
  • Ações de controle de qualidade da água e monitoramento e fiscalização das soluções alternativas de abastecimento de água.
  • Apuração de denuncias, investigação de surtos.
  • Ações programadas de vistoria e coleta de amostras para análise em cozinhas industriais.
  • Monitoramento dos estabelecimentos que abrigam idosos.
  • Ações fiscais especificas de Vigilância Sanitária no combate e prevenção às doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti.
  • Análise e acompanhamento da aprovação de projetos arquitetônicos em Vigilância Sanitária para fins específicos
Fim do conteúdo da página